sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Anorexia

O que é?
Essencialmente, é o comportamento persistente que uma pessoa apresenta em manter seu peso corporal abaixo dos níveis esperados para sua estatura, juntamente a uma percepção distorcida quanto ao seu próprio corpo, que leva o paciente a ver-se como "gordo". Apesar das pessoas em volta notarem que o paciente está abaixo do peso, que está magro ou muito magro, o paciente insiste em negar, em emagrecer e perder mais peso. O funcionamento mental de uma forma geral está preservado, exceto quanto à imagem que tem de si mesmo e o comportamento irracional de emagrecimento. O paciente anoréxico,costuma usar meios pouco usuais para emagrecer. Além da dieta é capaz de submeter-se a exercícios físicos intensos, induzir o vômito, jejuar, tomar diuréticos e usar laxantes. Aos olhos de quem não conhece o problema é estranho como alguém "normal" pode considerar-se acima do peso estando muito abaixo. Não há explicação para o fenômeno mas deve ser levado muito a sério pois 10% dos casos que requerem internação para tratamento (em hospital geral) morrem por inanição, suicídio ou desequilíbrio dos componentes sanguíneos.

Como é o paciente com anorexia?

O paciente anoréxico só se destaca pelo seu baixo peso. Isto significa que no seu próprio ambiente as pessoas não notam que um determinado colega está doente, pelo seu comportamento. Mas se forem juntos ao restaurante ficará evidente que algo está errado. O paciente com anorexia não considera seu comportamento errado, até recusa-se a ir ao especialista ou tomar medicações. Como não se considera doente é capaz de falar desembaraçadamente para os amigos, colegas e familiares que deve perder peso apesar de sua magreza. No começo as pessoas podem até achar que é uma brincadeira, mas a contínua perda de peso apesar da insistência dos outros em convencer o paciente do contrário, faz soar o alarme. Aí os parentes se assustam e recorrem ao profissional da saúde mental.Os pacientes com anorexia podem desenvolver um paladar estranho ou estabelecer rituais para a alimentação. Algumas vezes podem ser flagrados comendo escondidos. Isto não invalida necessariamente o diagnóstico embora seja uma atitude suspeita.

Depois de recuperado, o próprio paciente, já com seu peso restabelecido e com a recordação de tudo que se passou não sabe explicar porque insistia em perder peso. Na maioria das vezes prefere não tocar no assunto, mas o fato é que nem ele mesmo concorda com a conduta insistente de emagrecer. Essa constatação, no entanto não garante que o episódio não volte a acontecer. Depois de recuperados esses pacientes retornam a sua rotina podendo inclusive ficar acima do peso.
Ricardo

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Carta do Juramento Pro-Ana

   A anorexia é tratada por suas "seguidoras como uma "amiga".Alguém elaborou uma carta, que nos assustou mas que parece convencer as anoréxicas que sua "amiga só que seu bem".Ao, ler, percebi que na verdade a tal Ana é bem sincera e relata muito bem o que ela faz com as suas "seguidoras".
   O pessoal do blog recomenda que o leitor não leve a sério essa carta, já que ela foi criada por anoréxicas e não propõe um comportamento saudável. 
  
     "Permita me apresentar. Meu nome, ou como sou chamada, pelos também chamados ‘doutores‘ é Anorexia. Anorexia Nervosa e meu nome completo, mas você pode me chamar de Ana. Felizmente nos podemos nos tornar grandes parceiras. No decorrer do tempo, eu vou investir muito tempo em você, e eu espero o mesmo de você.
No passado você ouviu seus professores e seus pais falarem sobre você. Diziam que você era tão madura, inteligente, e que você tem tanto potencial. E eu pergunto, aonde tudo isso foi parar? Absolutamente em lugar algum!Você não e perfeita, você não tenta o bastante! Você perde muito tempo pensando e falando com amigos!Logo, esses atos não serão mais permitidos.
   Seus amigos não te entendem. Eles não são verdadeiros. No passado, quando inseguramente você perguntou a eles:- Estou gorda?- E eles te disseram:- Não, claro que não!-você sabia que eles estavam mentindo!Apenas eu digo a verdade! E sem falar nos seus pais!Você sabe que eles te amam e se importam com você, mas uma parte é porque eles são pais, e são obrigados a isso. Eu vou te contar um segredo agora: Bem no fundo, eles estão desapontados com você. A filha deles, que tinha tanto potencial, se transformou em uma gorda, lerda, e sem merecimento de nada!
   Eu espero muito de você. Você não tem permissão para comer muito.Eu vou começar devagar: Diminuindo a gordura, lendo tabelas de nutrição, cortando doces e frituras, etc. Por um tempo os exercícios serão simples: Corridas, talvez exercícios localizados.Nada muito serio.Talvez você perca alguns quilos, tire um pouco de gordura deste seu estomago gordo! Mas não irá demorar muito até eu te dizer que não está bom o suficiente.
   Eu vou te fazer diminuir calorias consumidas e vou aumentar a carga de seus exercícios. Eu vou te forçar até o limite! Eu preciso fazer isso, pois você não pode me derrotar! Eu estarei começando a me colocar dentro de você. Logo, eu já vou estar lá. Eu vou estar lá quando você acordar de manha, e correr para a balança. Os números começam ser amigos e inimigos ao mesmo tempo, e você, em pensamento reza para que eles sejam menores do que ontem à noite. Você olha no espelho com enjôo. Você fica enjoada quando vê tanta banha nesse seu estomago, e sorri quando começam a aparecer seus ossos. E eu estou lá quando você pensa nos planos do dia: 400cal e 2h de exercícios. Sou eu quem esta fazendo esses planos, pois agora meus pensamentos e seus pensamentos estão juntos como um só.
   Eu te sigo durante o dia. Na escola, quando sua mente sente vontade, eu te dou alguma coisa para pensar! Recontar as calorias consumidas do dia. Elas são muitas. Eu vou encher sua cabeça com pensamentos sobre comida, peso e calorias. Pois agora, eu realmente estou dentro de você. Eu sou sua cabeça, seu coração e sua alma. A dor da fome, que você finge não sentir, é eu dentro de você!
   Logo, eu não vou estar te dizendo o que fazer com comida, mas o que fazer o tempo todo! Sorria, se apresente bem. Diminua esse estomago gordo, Droga!
   Deus, você é uma vaca gorda!!! Quando as horas das refeições chegarem, eu vou te dizer o que fazer. Quando eu fizer um prato de alface, será como uma refeição de rei! Empurre a comida envolta! Faça uma cara de cheia… Como se você já tivesse comido! Nenhum pedacinho de nada… Se você comer, todo o controle será quebrado… E você quer isso?
   Ser de novo aquela vaca gorda que você era? Eu te forço a ver uma revista de modelos. Aquele corpo perfeito, magro, dentes brancos, essas modelos perfeitas te encaram pela pagina da revista! E eu te faço perceber que você nunca será uma delas. Você sempre será gorda, e nunca vai ser tão bonita quanto elas! Quando você olhar no espelho, eu vou distorcer sua imagem, e te mostrar uma lutadora de sumo mas na verdade existe apenas uma criança com fome.Mas você não pode saber da verdade, pois se você souber, você pode começar a comer de novo e nossa relação pode vir a cair, e me destruir!
   Às vezes você vai ser rebelde. Felizmente não com muita freqüência. Você vai ar força aqueles últimos pensamentos, e talvez entrar naquela cozinha escura! A porta vai se abrir devagar, você vai abrindo a porta do armário e colocando sua mão naquele pacote de biscoitos, e você vai simplesmente engoli-los, sem sentir gosto nenhum na verdade, você faz isso pelo simples falo que você esta indo contra mim. Você procura por outra caixa de biscoitos, e outra e outra. Seu estomago está cheio de massa e gordura, mas você não vai parar ainda. E o tempo todo eu vou estar gritando para que você pare, sua vaca gorda! Você realmente não tem controle, você vai engordar!
   Quando isso acabar, você vai vir desesperada para mim de novo, e me pedindo conselhos porque você não quer ficar gorda! Você quebrou uma regra, e comeu, e agora você me quer de volta. Eu vou te forçar a ir ao banheiro, ajoelhada e olhando para a privada! Seus dedos vão para dentro da sua garganta, e com uma quantidade de dor, a comida vai toda sair. Você vai repetir isso varias vezes, ate que você guspa sangue a água, e saiba que toda aquela comida se foi! E quando você se levantar, você vai sentir tontura.Não desmaie! Fique em pé agora mesmo!Sua vaca gorda!Você merece sentir dor!
   Talvez a escolha de te fazer ficar cheia de culpa vai ser diferente. Talvez eu escolha te fazer se encher de laxantes, e você vão ficar sentada na privada ate altas horas da manha sentindo seu estomago se revirar.Ou talvez eu faça você se machucar, bater sua cabeça contra a parede, ate você ganhar uma dor de cabeça insuportável! Cortar também e bem útil.Eu quero ver sangue, quero ver ele cair sobre seu braço, e naquele segundo, você vai perceber que merece qualquer tipo de dor que eu te dou! Você vai ficar deprimida, obcecada, com dor, se machucando e ninguém vai notar? Quem se importa?!?!?Você merece!
   Ah, isso e muito duro? Você não quer que isso aconteça com você?Eu sou injusta?Eu faço coisas que apenas vão te ajudar!Eu vou fazer que seja possível parar de pensar em emoções que te causam stress. Pensamentos de raiva, tristeza, desespero e solidão podem ser anulados, pois eu vou tirar eles de você, e encher sua cabeça com contas metabólicas de calorias. Vou te tirar a vontade de sair com pessoas de sua idade, e tentar agradar todos eles. Pois agora eu sou sua única amiga, eu sou a única que você precisa agradar!
   Mas nos não podemos contar a ninguém. Se você decidir o contrário, e contar como eu te faço viver, todo o inferno vai voltar! Ninguém pode descobrir, ninguém pode quebrar esta concha que eu tenho construído com você!Eu criei você, magra, perfeita, minha criança lutadora!Você e minha, e só minha! Sem mim, você e nada! Então, não me contrarie. Quando outras pessoas comentarem, ignore os! Esqueça deles, esqueça todos querem me fazer ir embora. Eu sou seu melhor apoio, e pretendo continuar assim.
                                                               Com sinceridade.



ANA"
O pessoal do blog recomenda que o leitor não leve a sério essa carta, já que ela foi criada por anoréxicas e não propõe um comportamento saudável. 

Postado por:Hana

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Um pouco sobre a anorexia e um caso real.

       As anoréxicas se acham gordas, elas acham que tem muitas banhas e gorduras no corpo, nos sites pro Ana elas também dizem que tentam “miar” que é um tipo de sigla para as anoréxicas, essa sigla significa vomitar o que comeram.Elas postam fotos de anoréxicas nos sites pro Ana e postam fotos de si mesmas de roupas intímas ou roupa de banho, e nós vimos que elas são magras como modelos! Porém elas se acham muito gordas e querem ficar muito magras, pois o objetivo delas é esse.Nós achamos isso assustador, pois elas não percebem que vão acabar se matando, elas fazem de tudo para atingir seu objetivo.


       Nós achamos um site que contava a história de uma mulher que era lésbica e anoréxica.Ela havia abandonado o blog por alguns meses.. quando ela voltou a escrever no blog, todas as leitoras anoréxicas voltaram a apoiá-la.Então, para nossa surpresa, vimos uma postagem dessa mulher dizendo que queria parar de ser anoréxica, pois isso fazia a sua esposa sofrer, e ela não agüentava mais ver a pessoa que ela mais amava nesse mundo sofrendo por sua causa.Ela contou também, que não é de uma hora para outra que você acaba com a doença, você tem que ir aos poucos.. ela disse que ainda não parou totalmente de “miar” mas ela não mia mais como ela costumava, ou seja, aos poucos ela irá vencer a doença! Essa é uma história inspiradora!
Ass.: Stephanie
Olá
Esse é um blog para um projeto escolar.
Nosso tema é a anorexia.
Ao longo do tempo estaremos postando textos explicando a anorexia e contando sobre a visão de anoréxicas sobre a doença.
As informações que serão postadas no blog foram retiradas a partir de pesquisas em sites pró-ana e sites sobre anorexia.